Últimas

09/01/2022

OC Barcelos vence FC Porto com arbitragem polemica


 

Com uma arbitragem que não esta ao nível dos intervenientes do   jogo entre o OC Barcelos e o FC Porto, a contar para a fase regular do campeonato nacional, que acabou por condicionar o resultado final a favor do OC Barcelos por 5-4, no ultimo segundo do jogo.

Jogo da 14.ª jornada do campeonato nacional, que colocou frente a frente OC Barcelos e FC Porto, acabou com a vitória da equipa de Barcelos pela margem mínima (5-4) depois de uma sucessão de decisões bastante duvidosas da dupla de arbitragem composta por Rui Torres e Sílvia Coelho.

O FC Porto entrou muito bem no jogo que iniciou a segunda volta do campeonato, com Rafa atirar à meia-altura após passe atrasado de Ezequiel Mena fazendo o 0-1 a favor da equipa do Porto, logo aos três minutos. Aos oito minutos de jogo Xavier Malián defendeu o penalti marcado por Luís Querido mantendo a vantagem a favor da equipa visitante. A meio da primeira parte, eis que Xavier Barroso remata á baliza de Conti que acabou por não conseguir defender tal a força do remate, estava feito o 0-2.

Alvarinho acabou por fazer o 1-2 numa bola desviada que acabou por trair o guarda redes Malián. A quatro minutos do intervalo acontece o inexplicável, a marcação de uma grande penalidade a favor do OC Barcelos, diga-se em abono da verdade, ninguém viu, Sílvia Coelho mandou repetir após defesa de Malián. Só á segunda tentativa é que conseguiu marcar golo, ficando as duas equipas empatadas 2-2. Praticamente logo a seguir, Gonçalo Alves transforma o seu incorformismo com uma stickada como só ele sabe fazer, marca o 2-3 a favor do FC Porto. Faltavam trinta segundos para o intervalo, novamente penalti a favor do OC Barcelos que voltou a ser marcado duas vezes, sendo que desta vez nao foi concretizado mesmo á segunda tentativa. 

 Inicio da segunda parte e aos 30 minutos de jogo, novo golo para o OC Barcelos que acabou por empatar a partida 3-3. Faltavam nove minutos para terminar o jogo, e eis que Alvarinho viu um cartão azul a ficar esquecido no bolso do arbitro, falta cometida sobre Carlo Di Benedetto. O mesmo jogador, acabou por marcar, na sequência de uma combinação com o colega de ataque que resultou no 4-3 a favor dos azuis e brancos. OC Barcelos arriscou e substituiu o guarda redes por um jogador avançado que viria a resultar no empate da partida por 4-4.

Jogo a terminar, no rescaldo de um lance confuso junto da baliza do OC Barcelos, Gonçalo Alves acaba por cair na pista e ao tentar disputar a bola, sem que tocasse em algum jogador adversário, os árbitros do jogo marcam falta com cartão azul, o que originou uma grande penalidade. Miguel Rocha marcou ao ângulo inferior e acabou por dar a vitoria ao OC Barcelos. Em resumo alguns erros da equipa de arbitragem que acabaram por estragar um jogo que tinha todos os ingredientes para ser o jogo da jornada.

Post Top Ad

Blossom Themes