Últimas

03/10/2021

Sérgio Conceição garante que alterações "não foram castigo" e diz que Taremi "foi tocado"

A reação do treinador do FC Porto, bem como de Wendell e Luis Díaz, ao triunfo sobre o Paços de Ferreira.


Declarações de Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, à Sport TV, após o triunfo sobre o Paços de Ferreira (2-1), no Estádio do Dragão, da 8.ª jornada da I Liga.

Análise ao jogo: "Estávamos empatados ao intervalo, mas estava satisfeito com a equipa, o que não é muito normal. Por vezes estamos a ganhar e não estou tão satisfeito. Desde o primeiro segundo até ao último nunca tirámos o pé do acelerador. Com a qualidade em posse na base do que tínhamos preparado. Criámos muitas ocasiões, os jogadores tiveram uma atitude competitiva acima da média. E quando assim é, mesmo não estando a ganhar, há uma satisfação. Os jogadores entenderam na perfeição e quero dar-lhes os parabéns, pois foram os grandes obreiros desta vitória."

Estratégia: "Muitas trocas posicionais, muitas permutas, não dando referências, sabíamos que o trabalho dos alas do Paços é importante, porque acompanhavam. Nessa disponibilidade teve o segredo de criar ocasiões contra um Paços muito atrás no terreno. Cabia-nos a nós prever isso e tentar desmontar, acho que o fizemos e com qualidade."

Alterações em relação ao Liverpool foram castigo? "Não tem nada a ver com isso. Estive a passar os olhos pela Imprensa e estavam a tentar descodificar quem tinha errado mais contra o Liverpool, quem tinha contrato ou não, a falar do futebol e não de futebol, não do que o FC Porto ia tentar explorar no Paços de Ferreira. De futebol percebem pouco. Não é castigo para ninguém, viram a alegria do banco quando fizemos os golos e acredito que mesmo quem não esteve no banco, quem estava em casa, estava a vibrar, porque somos um grupo unido, um grupo forte. Podem contar connosco."

 Expulsão de Taremi: "Foi tocado, sem dúvida absolutamente nenhuma, acredito no meu jogador. É o que é, temos mais jogadores disponíveis e que vão dar o seu o contributo. Não tenho problema nenhum de não estar o Taremi."

Muitos jogadores nas seleções: "Por um lado é bom, porque somos um clube que dá muitos jogadores às seleções, mas em termos de trabalho ficamos mais limitados, principalmente no trabalho coletivo. Podemos trabalhar coisas mais individuais. Temos de respeitar, eu queria ficar com todos, mas ao mesmo tempo queria que fossem à seleção, percebendo sempre que o clube é o mais importante."

Declarações de Luis Díaz, extremo do FC Porto, à Sport TV, após o triunfo sobre o Paços de Ferreira (2-1), no Estádio do Dragão, da 8.ª jornada da I Liga.

Homem do Jogo: "Só quero agradecer por mais um prémio, mas quero destacar o que fez o grupo. Sem eles não conseguia isto. Fizemos um grande jogo, estou contente porque jogámos bem e mostrámos que estamos para grandes coisas esta época."

Declarações de Wendell, lateral-esquerdo do FC Porto, à Sport TV, após o triunfo sobre o Paços de Ferreira (2-1), no Estádio do Dragão, da 8.ª jornada da I Liga.

Estreia a marcar: "Agradeço a Deus por ter marcado pela primeira vez. Foi um resultado justo pelo que fizemos. Desde a primeira parte, com posse de bola e intensidade, tivemos muitos remates e graças a Deus conseguimos a vitória. Agora, quem for para a seleção que faça bons jogos e volte com o mesmo espírito."

Análise ao jogo: "Fizemos vários remates e conseguimos a vitória. É o mais importante. Agora, quem ficar vai descansar, quem for para a seleção que volte com o mesmo espirito e que encare os jogos como fizemos hoje."

Liverpool: "Não foi o jogo que esperávamos, faltou um pouco do que fizemos hoje aqui. Se encararmos todos os jogos assim, vamos ter êxito no final da temporada e vamos dar trabalho na Champions e no campeonato."

Adaptação: "A cada dia, sinto-me mais em casa. Os companheiros vão dando esse aconchego. Estou a sentir-me mais solto. Só tenho a agradecer ao grupo de trabalho e às pessoas à volta. Estou cada vez mais feliz. Eu e o grupo vamos dar o máximo."

 

 

Post Top Ad

Blossom Themes