Últimas

24/09/2021

Dragão quer 'cantar de galo' antes da Champions

As duas equipas defrontam-se, nesta sexta-feira, a partir das 21h15, para a 7.ª jornada da I Liga.

Gil Vicente e FC Porto defrontam-se, nesta sexta-feira, a partir das 21h15, para a 7.ª jornada da I Liga.

Os minhotos ocupam, neste momento, a sétima posição, com oito pontos, já os dragões são segundos, com 14, a quatro do rival Benfica.

As duas equipas já se defrontaram por 48 ocasiões, com esmagadora vantagem azul e branca (39 triunfos), cinco vitórias do Gil Vicente (a última das quais em agosto de 2019) e quatro empates.

Um encontro que para os dragões aparece na véspera da segunda jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões diante do Liverpool, na Invicta.

Ricardo Soares  FC Porto mais forte dos últimos anos: Está mais forte porque mantém o treinador há uma série de anos, o que é uma vantagem muito grande, porque conhece bem os seus jogadores e estes as ideias do seu técnico. O Sérgio Conceição personifica o que é o FC Porto, o que dá uma simbiose muito grande entre clube e massa adepta, fundamental para as vitórias, tem um plantel que mexeu pouco, tem um conjunto de soluções muito forte, como por exemplo os jovens jogadores que estão agora a amadurecer. Tudo somado, este é o FC Porto mais forte dos últimos anos.

Respeito do FC Porto: Não me parece que subestime o valor do Gil Vicente, o FC Porto já nos habituou a respeitar-nos. Mas, mais importante do que o FC Porto possa apresentar é a nossa capacidade, o que controlamos, a nossa ambição. Sabemos da nossa qualidade e queremos conquistar pontos.

Jogar olhos nos olhos: Luta por objetivos diferenciados dos nossos, cabe-nos equilibrar as forças. É uma luta desigual, mas temos muita confiança em nós, no nosso processo de jogo e não vamos abdicar dele, isso está fora de questão, é um grande desafio para nós e queremos provar que podemos jogar olhos nos olhos seja contra quem for.

Sérgio Conceição Qualidades do Gil Vicente: O Gil Vicente é uma equipa consistente. Está no lote das cinco equipas com mais posse, um pouco à imagem do que é o Ricardo Soares que lança sempre equipas muito bem organizadas e sempre a saber o que querem do jogo. Não é fácil jogar contra equipas do Ricardo Soares e obviamente nós estamos atentos a isso. Já disse que este Gil tem uma frente de ataque interessante e um meio-campo que também dá muita qualidade na posse e na fase da criação. Em termos defensivos toda a equipa trabalha num só sentido. 

Registo de triunfos fora de casa: Esses números fazem parte do passado, por isso é que são estatísticas. Importante para mim é ganhar amanhã numa das deslocações mais difícieis que vamos ter neste campeonato. Três pontos que são necessários para a nossa caminhada, até porque já perdemos pontos e não queremos perder ainda mais distância para o primeiro lugar.

Importância de manter a baliza em branco: É sempre importante a equipa não sofrer golos, dentro daquilo que é o nosso processo defensivo. É importante estarmos concentrados e perceber quais são as dinâmicas ofensivas do Gil Vicente.

Gil Vicente: Frelih; Zé Carlos, Lucas, Rúben Fernandes e Talocha; Vítor Carvalho, Pedrinho e Fujimoto; Bilel, Samuel Lino e Francisco Navarro.

FC Porto: Diogo Costa; João Mário, Marcano, Mbemba e Wendell; Vítor Ferreira, Matheus Uribe, Fábio Vieira e Otávio; Luis Díaz e Mehdi Taremi.

 


 

Post Top Ad

Blossom Themes