Últimas

14/09/2021

Dínamo Kiev-Benfica: Só um resultado interessa na Ucrânia

Pontapé de saída em Kiev é dado às 20h00 desta terça-feira.


O Benfica é a primeira equipa portuguesa a entrar em ação na Liga dos Campeões. Esta terça-feira, às 20h00, rola a bola em Kiev e por estranho que pareça o frio não fará parte deste encontro.

O Dínamo vai receber a equipa encarnada na 1.ª jornada do Grupo E da Champions, num dia em que o clima não será problema. Não será o clima, mas será uma equipa orientada por Mircea Lucescu, como Jorge Jesus alertou na ante-visão do encontro.

O treinador das águias não espera facilidades da equipa que na teoria será a mais fácil de defrontar para o Benfica neste grupo, e deixou bem claro que considera a formação ucraniana tão difícil como Bayern Munique ou Barcelona.

Mesmo depois de uma goleada ao Santa Clara, o Benfica terá de ter cautela. Jogar em Kiev não é fácil, mas os encarnados sabem a receita para trazer três pontos da Ucrânia porque já o conseguiram há precisamente cinco anos, num encontro a contar também ele para a Champions.

O árbitro da partida será o britânico Anthony Taylor.

Treinadores:

Mircea Lucescu

Ataque do Benfica: "Não [vamos dar atenção] apenas a Yaremchuk, pois não é só ele que joga no ataque, há também Gonçalo Ramos, Seferovic, Darwin... Tudo depende da equipa que o treinador quiser montar. Não sei qual deles irá jogar, mas isso também não é importante. Nem sei se o treinador deixará Yaremchuk defrontar a sua antiga equipa".

Jorge Jesus: "O Benfica atravessa um bom momento, lidera a liga portuguesa, é liderado por um bom treinador que trabalha ao mais alto nível há 20 ou 25 anos. As suas equipas são sempre combativas e lutam pelos lugares de topo. Se não estou enganado, liderou o Flamengo e ganhou o campeonato, assim como teve sucesso no Al Hilal, no Sporting, etc. Nunca o defrontei mas conheço-o bem pelos seus jogos e pelos encontros de treinadores que temos em Nyon. Aprecio muito o seu trabalho e sei que teremos um jogo difícil perante um adversário forte".

Jorge Jesus

Perder pontos em Kiev complicaria o apuramento: Se olharmos para o Dínamo Kiev como a equipa mais fraca do grupo, não é verdade. Tem o treinador mais titulado do mundo no ativo, Lucescu. Tenho uma admiração muito grande. Tem uma equipa que teve cinco titulares no Campeonato da Europa. São sinais evidentes de que vamos jogar contra uma grande equipa. Estamos sujeitos a ganhar. Não olho para o Dínamo Kiev de forma diferente do Barcelona ou do Bayern Munique. Para mim, o Dínamo Kiev é tão forte como o Barcelona e o Bayern Munique. Contra o Barcelona, penso ganhar. Contra o Bayern Munique, penso ganhar, e contra o Dínamo Kiev a mesma coisa.

Pontos fortes do Dínamo Kiev: É uma equipa forte na bola parada ofensivamente, é forte no ataque posicional. Tem uma ideia de jogo de que gosto, porque penso como o treinador do Dínamo. Temos que tentar parar os dois ou três jogadores mais importantes na organização de jogo do Dínamo Kiev. Trabalhámos em cima disso e vamos ver se temos capacidade para anular o ataque posicional desta equipa.

Rotatividade no plantel: Tem a ver com o período, mas também, neste momento, tenho um Benfica com mais soluções do que no ano passado. Tenho sempre uma garantia de mudar três, quatro ou cinco jogadores e a equipa não perde rendimento. Tirando os jogadores que chegaram este ano e não conhecem bem as ideias, a equipa está muito mais forte. Estou muito tranquilo e faço-o com uma convicção de que a equipa não oscila por jogarem uns ou outros.

 

Post Top Ad

Blossom Themes