Últimas

12/09/2021

Benfica de mão cheia goleia nos Açores antes da estreia na Champions

Depois de uma primeira parte com apenas um golo, os encarnados ligaram o carburador e marcaram quatro golos no segundo tempo. Liderança mantém-se até à próxima jornada.


O Benfica goleou, este sábado, o Santa Clara por expressivos 5-0, dias antes da estreia na Liga dos Campeões frente ao Dínamo Kiev.

Rodrigo Pinho, que se estreou a marcar pelo clube da Luz, Darwin, autor de um bis, Rafa Silva e Roman Yaremchuk foram os autores do golo no encontro.

Filme do jogo:

Num jogo que se previa difícil para o clube da Luz, a iniciativa até começou a ser das águias, mas rapidamente o Santa Clara foi capaz de suster o jogo do Benfica, que, apesar de ter mais posse de bola do que o adversário, nunca foi capaz de fazer jogadas com pés e cabeça.

Prova disso é que as oportunidades mais perigosas do primeiro tempo pertenceram sempre aos açorianos. A primeira foi de Rui Costa, que solto do lado direito atirou para uma defesa segura de Vlachodimos. Depois foi Cryzan que falhou o desvio à boca da baliza dos encarnados, após um canto.

O mesmo guarda-redes viria a estar em destaque minutos depois, mas desta feita pela negativa. O grego teve uma entrada dura sobre Mansur, acabando por ver cartão amarelo, num lance em que os açorianos ficaram a pedir a expulsão do guarda-redes do Benfica.

O Santa Clara dominava a partida, e Lincoln era o mais inconformado do lado dos açorianos, e saíram dos seus pés as melhores oportunidades do conjunto insular no primeiro tempo. Primeiro, e na sequência de um livre direto, o brasileiro atirou à trave de Vlachodimos, para depois o grego corresponder, minutos mais tarde, com uma grande defesa a um remate forte de Lincoln.

A formação orientada por Jorge Jesus não conseguia contraria o ímpeto do Santa Clara e foi contra a corrente do jogo que inaugurou o marcador, naquele que também foi o primeiro remate dos encarnados no encontro. Grimaldo serviu Rodrigo Pinho, que na cara de Marco Pereira se estreou a marcar com a camisola do Benfica com um remate certeiro aos 41 minutos.

Depois de uma primeira parte em que apenas fez um remate, o Benfica apareceu com outra cara no segundo tempo e pouco mais de vinte minutos passou de uma vantagem mínima para uma goleada de mão cheia.

Darwin aumentou a contagem dos encarnados aos 53 minutos, antes de Rafa Silva marcar o golo da tarde com um remate de fora da área aos 58'. Já com o Santa Clara cabisbaixo, Darwin bisou aos 62', após vários ressaltos em defesas açorianos, antes de Yaremchuk assinar o quinto aos 68 minutos.

Já com a partida controlada, Jorge Jesus optou por tirar alguns dos jogadores fundamentais para a equipa, como Darwin e João Mário, tendo em vista o encontro da Liga dos Campeões frente ao Dínamo Kiev. Apesar das várias mexidas, os encarnados foram sempre procurando o sexto golo na partida, algo que não chegou a acontecer.

Com este resultado, o Benfica segura a liderança do campeonato com 15 pontos conquistados em cinco jogos. O Santa Clara é 13.º com quatro pontos.

Momento do jogo: Golo extraordinário de Rafa Silva. Num gesto pouco comum do internacional português, o extremo rematou forte de fora da área, numa bola apenas terminou no fundo das redes de Marco Pereira.

 

 

Post Top Ad

Blossom Themes