Últimas

06/09/2021

António Folha sobre o regresso ao FC Porto: "Quando surge o telefonema..."

Treinador da equipa B explica os motivos que estiveram por detrás do "sim" dado ao FC Porto B numa fase complicada da temporada transata.


  António Folha concedeu uma entrevista ao Porto Canal - que será transmitida na íntegra na quarta-feira - em que abriu o jogo sobre o regresso ao FC Porto numa altura em que a equipa B lutava para fugir aos lugares de despromoção à Liga 3, na última temporada.

O objetivo acabaria por ser atingido, já com o antigo internacional português ao leme, e Folha considera que foi uma boa forma de se colocar à prova.

"Podia já ter estado a treinar, houve convites, que não aceitei por uma ou outra razão, mas quando há a chamada do FC Porto... Toda a gente sabe da minha ligação a esta casa. Cresci aqui, entrei aqui com 12 anos, tenho 50 e aqui estou. Quando há uma chamada para uma situação daquelas, estando naquele momento sem treinar, não havia como dizer que não", começou por contar o técnico, prosseguindo: "Uma das coisas que reconheço na minha vida é a gratidão. Depois, porque era um trabalho muito diferente do que tive aqui antes e que era muito difícil. Era para me pôr à prova. Acreditei que era possível. Conheço bem a casa, conhecia bem os jogadores que estavam, apesar de, naquele momento, sentir que havia muita desconfiança. Era difícil estar dias após dias a treinar, a darem o máximo e a não aparecerem os resultados ao fim de semana. Quando eu entro, a situação é essa e assim continuou. Não aparecendo um ou outro resultado gera-se intranquilidade e o potencial que os jogadores tinham demorava a emergir por esse motivo. Por tudo isto, não podia dizer que não", justificou Folha, num excerto da entrevista divulgado pelo FC Porto.

 

Post Top Ad

Blossom Themes