Últimas

12/08/2021

Les Galactiques! Com Messi, Neymar e Mbappé, PSG fica com equipa para dominar o mundo

Messi, Neymar e Mbappé - promete colocar qualquer equipa em sentido. Se juntarmos a capacidade e qualidade de passe de Messi, a magia de Neymar no um-contra-um e a capacidade explosiva de Mbappé, será complicado o PSG não marcar golos.


 O 'rei' deste mercado de verão no futebol voltou a fazer das suas e juntou Messi a uma constelação de estrelas para finalmente vencer a Champions. O PSG está a dominar o mercado de transferências e, de uma assentada, contratou os capitães de Barcelona e Real Madrid, dando mais experiência e qualidade a um plantel já de si muito forte.

O emblema liderado pelo qatari Nasser Al-Khelaifi apostou em jogadores a custo zero, numa altura em que muitos dos colossos mundiais estão a braços com problemas financeiros provocados pela pademia de COVID-19. Além de Messi, de 34 anos, e Sérgio Ramos, de 35, o emblema parisiense contratou o guarda-redes italiano Gigi Donnarumma, de 22 anos, e o médio holandês Georginio Wijnaldum, de 30, todos eles jogadores que terminaram contrato com os seus clubes.

A juntar a estes que chegaram a custo zero, o clube pagou 60 milhões de euros para garantir Hakimi Akimi junto do Inter Milão. O lateral marroquino de 22 anos tinha sido vendido pelo Real Madrid que optou por ficar com Dani Carvajal... Há ainda o português Danilo Pereira que, após um ano de empréstimo, foi garantido por 16 milhões de euros.

PSG 2021/22: difícil encontrar um ponto fraco

Baliza: Donnarumma, titular, Navas suplente

Se a baliza já estava bem entregue com Keylor Navas, a chegada de Gigi Donnarumma vem fortalecer ainda mais um posto crucial numa grande equipa. O jovem guardião chega a Paris depois de ser eleito Melhor Jogador do Euro2020, prova que ajudou a sua Itália a vencer. Donnarumma dispensa apresentações, ele que tomou conta da baliza do AC Milan desde os 17 anos. Aos 22, dá um salto na carreira e entra numa equipa que está mais próxima de vencer a Liga dos Campeões. Há ainda o espanhol Sergio Rico, relegado para terceira opção na baliza.

Defesa: Hakimi, Marquinhos, Sérgio Ramos e Bernat

Outra grande contratação que chega para entrar no onze é o marroquino Achraf Hakimi. O lateral direito de 22 anos já fez estragos, ao marcar um dos golos na vitória por 2-1 frente ao Troyes na jornada inaugural da Ligue 1. Hakimi é um lateral de projeção ofensiva, que, no último terço, dá mais do do que Dagba, Kipembe ou Kehrer, jogadores que actuaram no lado direito da defesa na época passada.

À esquerda não há mudanças e nem será preciso. O espanhol Bernat dá conta do recado mas também há Lawin Kurzawa, um dos franceses há mais tempo no plantel. A grande melhoria chega na zona central da defesa, com a chegada do espanhol Sérgio Ramos. O ex-capitão do Real Madrid traz experiência, com os seus 35 anos, muitas Champions conquistadas, além da sua veia goleadora em lances de bola parada.

Sérgio Ramos deverá fazer dupla com o capitão Marquinhos. Há também Kimpembé, central internacional francês, e ainda os jovens Colin Dagba, Thilo Kehrer e Abdou Diallo, que tanto podem jogar a central como nas laterais da defesa. E ainda o médio português Danilo, que pode atuar a central.

Meio-campo: Gueye, Verrati e Di Maria

Georginio Wijnaldum veio dar mais peso e experiência a um sector já de si muito forte. O internacional holandês de 30 anos junta-se a um sector que já contava com Verratti, Leandro Paredes, Idriss Gueye, Ander Herrera, Rafinha Alcântara e Danilo Pereira. É provável que um destes médios seja transferido porque não há lugar para todos. Sem contar que Di Maria e Draxler podem jogar como médios.

Avançados: Messi, Neymar e Mbappé

É na zona ofensiva que este PSG ameaça fazer (mais) miséria das defesas contrárias. Se Neymar, Mbappé, Di Maria e Icardi já eram suficientes para causar pânico no último reduto dos adversários, a chegada de Messi é uma má notícia... para as restantes equpas da Ligue 1 da Champions.

É certo que só três poderão jogar de início mas o tridente MNM - Messi, Neymar e Mbappé - colocará qualquer equipa em sentido. A velocidade dos três, principalmente de Mbappé, serão um problema para qualquer equipa. Se juntarmos a capacidade e qualidade de passe de Messi e a magia de Neymar no um-contra-um, será complicado o PSG não marcar golos.

Há ainda Icardi, Di Maria, Draxler, e Sarabia, numa equipa com soluções em todos os sectores.

O argentino Mauricio Pochettino terá a missão de encontrar a melhor forma de usar estas peças de modo a tirar o melhor destes craques.

A Liga Francesa, perdida na época passada para o Lille, deverá ser recuperada, já que o PSG tem dominado os troféus em França nos últimos anos, tal é a diferença em relação aos adversários. Falta a tão ambicionada Liga dos Campeões, perdida há duas épocas para o Bayern Munique em Lisboa.

A equipa passa a contar com a experiência de vários vencedores da Copa América (Messi, Di Maria e Leandro Paredes pela Argentina e Neymar e Marquinhos pelo Brasil),  de Mundiais (Sérgio Ramos e Mbappé) e de Europeus (Marco Verratti e Gianluigi Donnarumma).

á ainda vários jovens de enorme talento nas equipas secundárias que podem ser aproveitados, como são os casos de Arnaud Kalimuendo, Bandiougou Fadiga, Junior Dina Ebimbe e Xavi Simons

Presidente do PSG garante cumprimento do fair-play financeiro

A chegada de tantos craques fez disparar as despesas do clube, que assim irá gastar mais de 300 milhões de euros por ano em salários. Messi será o mais bem pago do plantel, com 40 milhões, acima dos 36 ME de Neymar e 25 ME de Mbappé.

Sérgio Ramos irá cobrar 20 ME de euros anuais, de acordo com o jornal 'Marca'. Marquinhos, Verratti, Di María, Keylor Navas, Kimpembe e Mauro Icardi recebem entre os 10 e os 15 milhões de euros por ano.

Wijnaldum e Achraf Hakimi, que chegaram também este verão, irão receber 9,8 milhões de euros por época. Seguém-se Herrera e Leandro Paredes que ganham 8,5 ME, Draxler (7,6) e Gana Gueye (7). Diallo, Rafinha, Bernat, Sarabia, Kehrer e Kurzawa cobram cerca de 5 ME cada um, Dagba recebe 1,5 ME.

 

Post Top Ad

Blossom Themes