Últimas

10/08/2021

Golo de João Mário e um auto-golo de Gigot carimbaram a vitória do Benfica sobre a formação moscovita.



 O Spartak Moscovo quis enjaular a águia no encontro da 1.ª mão na Rússia, mas foi a equipa russa que acabou por ser presa fácil para o Benfica. Depois de uma vitória fora (2-0), o conjunto encarnado voltou a derrotar o Spartak, desta vez no estádio da Luz diante dos seus adeptos, por 2-0.

A equipa de Rui Vitória mostrou poucos ou nenhuns argumentos para dar a volta a esta eliminatória e com o passar de minutos foi-se encostando cada vez mais à sua grande área. Com solidez, circulação de bola e paciência, a equipa de Jorge Jesus conseguiu chegar a bom porto, apesar de os golos surgirem apenas na segunda parte.

João Mário, que assentou como uma luva nesta equipa, estreou-se a marcar pelo Benfica e fez o 1-0 aos 57 minutos. Odysseas limitou-se praticamente a assistir de cadeirinha ao encontro e pouco trabalho teve durante toda a partida. Nem mesmo em desvantagem o Spartak fez pela vida. Foi até o Benfica que podia ter voltado a marcar aos 75 minutos, porém, Everton estava com a pontaria desafinada.

Teve de ser Yaremchuk, ‘à bomba’ a selar o resultado final. O avançado ucraniano rematou e a bola desviou em Gigot, enganando o guarda-redes do Spartak Moscovo. Acabou por ser auto-golo do defesa da formação de Rui Vitória, por isso não foi na estreia com a camisola das águias que Yaremchuk se estreou a marcar pelo Benfica.

Segue-se agora o PSV, dos Países Baixos, no playoff de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões. Os jogos estão agendados para 17/18 de Agosto (1.ª mão) e 24/25 de Agosto (2.ª mão).




 

Post Top Ad

Blossom Themes