Últimas

26/08/2021

Fernando Santos convoca Diogo Costa, Gonçalo Inácio e Otávio

Selecionador nacional divulgou os eleitos para os encontros com República da Irlanda, Azerbaijão e Qatar.


 

Fernando Santos divulgou, ao início da tarde desta quinta-feira, a lista de jogadores convocados para os três próximos encontros da seleção portuguesa, diante de República da Irlanda, Azerbaijão (apuramento para o Mundial'2022) e Qatar.

O principal destaque vai para a estreia em plano de Diogo Costa, Gonçalo Inácio e Otávio, que, confessou o próprio selecionador nacional, estavam referenciados para o último Campeonato da Europa, mas acabaram por não ser chamados.

Em conferência de imprensa, o treinador explicou os critérios que utilizou para formar este lote de eleitos, e abordou, ainda, a situação de Cristiano Ronaldo, quer do ponto de vista físico, quer mental, devido à especulação no mercado de transferências.

O que diferencia OtávioEscolhi estes... Mas quem é que saía? Essa é que é a parte interessante da questão. Escolhi 25 porque entendo que estes têm características para estes jogos. No Euro levámos três centrais, agora as características são diferentes. Tenho seis laterais direitos, mas só vou levar dois. São todos muito parecidos. Tenho o Cancelo, depois escolho mais outro, porque vou deixar quatro de fora. Respeito as opiniões, porque cada um de nós pensa à sua maneira, desde que sejam feito com critérios. Não aqueles que são clubites, ataques de caráter, ataques de empresários... Coisas que nunca tive na minha vida.

Geração pronta para ajudar no imediatoNo imediato, sim, aqueles que jogarem. Se não tiverem continuidade, é muito difícil. O Diogo Dalot faz parte de um lote de cinco ou seis jogadores que jogam na lateral. Esteve muito bem no Euro. Havia jogadores que estavam de prontidão porque estavam a jogar. Um deles era o Diogo Costa, porque vinha de uma competição.

Gonçalo Inácio dá confiança para o futuro: Ele estava na lista dos 40. Se estavam na lista, estão a jogar e são titulares nas equipas... É muito importante, para chegar aos A, jogar nos sub-21. Nesta equipa de sub-21, infelizmente, muitos deles não jogam sequer. Não têm continuidade, e é uma pena que não tenham. Este é um caso particular porque não tinha chegado lá, até pela própria idade. Percebo isso muito bem. Os jogadores, não tendo continuidade nos próprios clubes, um dos critérios é chamar os que têm maior identificação com a equipa.

Matheus Nunes não foi chamado: Não estava no lote dos 40 antes do Euro, porque, nessa altura, não estava apto a representar a seleção nacional. Está apto há um mês. Está cá desde os 12 anos, mas é um jogador que já observámos algumas vezes. É um jogador que está a ser observado, como mais. Estava nos 40 que foram equacionados para esta convocatória. Nunca pedirei ao meu presidente para naturalizar um jogador para vir à seleção nacional, mas também nunca descriminarei ninguém que, por opção própria, tenha ficado apto para representar Portugal. Aconteceu no passado, como o Pepe, por exemplo, o Liedson, o Diego... Não discrimino ninguém. Desde que estejam aptos para representar a seleção e têm qualidades, fazem parte do lote de observações.

Portugal com pouca margem de manobra no caminho para o MundialSe forem ver, verão que Portugal fez um enorme jogo com o Azerbaijão na primeira parte. Agora, os golos... Também queremos ganhar por cinco, seis ou sete, mas os golos estão caros. As coisas nem sempre acontecem. Todos os jogos são importantes, até o que vamos disputar com o Qatar. Se temos um objetivo, que é estar no Mundial, temos que lá chegar. E, para lá chegar, temos que ganhar os jogos que estão no caminho. Dependemos, exclusivamente, de nós. Temos que encarar cada jogo para conquistar a vitória, todos são muito importantes.

Conclusões do Euro: É preciso é treiná-los. Há sempre coisas para melhorar, procurámos fazer isso durante o Euro depois de um primeiro jogo muito bom, contra uma equipa que não teve mais nenhum resultado negativo com exceção do jogo com Portugal. Depois houve um jogo menos bem conseguido, e dois jogos em que Portugal esteve a bom nível. Há sempre coisas para retificar, é preciso é tempo para o resolver, para trabalhar uma mudança aqui e acolá, em termos de posicionamento base. Sem tempo, é difícil fazer grandes alterações. Vamos procurar que as dinâmicas correspondam àquilo que queremos. O Euro não foi o que desejámos, mas teve muitas coisas positivas. É pegar nisto e conversar com os jogadores para sermos melhores.

João Mário e Otávio convocados: Não vou personalizar. Podem trazer o que entendemos que podem trazer. Um já esteve cá, não esteve, esteve... Mas foi sempre jogador da seleção. O outro é a primeira vez que vem porque entendemos que tem características que podem ser úteis à seleção.

Cristiano Ronaldo lesionou-se no treino da JuventusLesionado, não sei se está. Vi nas notícias que teria um problema no braço, não sei... Tenho a certeza absoluta que está bem, não foi reportado nada ao departamento clínico. Se o jogador tivesse algum problema, teria feito chegar isso rapidamente. Quanto às outras questões, como o mercado... As capas de jornais do mundo todo falam do Ronaldo. É normal, é o Cristiano Ronaldo, o melhor marcador do Euro, ainda agora fez um golo no último jogo... O que falta dizer do Cristiano? Se está cá de corpo e alma? Quem duvidar disso, vai ter que duvidar de muita coisa. Se há coisa que não se pode duvidar do Cristiano é o amor que tem à seleção nacional.

Fase inicial da época: Espero que não crie mais dificuldades e que os jogadores respondam à altura daquilo que fizeram. O jogo será mais ou menos difícil dependendo de nós. Agora, não tendo tempo para treinar... Neste momento, já decorridos dois meses de pré-época, ainda não têm a máquina afinada, haverá alguma dificuldade. Um dos critérios tem a ver com a identificação do que queremos para a equipa e que foi criado ao longo do tempo. É verdade que a seleção da Irlanda é uma equipa que, não tendo pontos no nosso grupo, fez um excelente jogo na Sérvia, e, no último jogo que fez antes do Euro, foi com a Hungria, num empate 0-0 que podiam ter vencido. Está a tentar alterar um pouco a sua forma de jogar, sem perder a característica geral dos irlandeses. Há que estar preparados para isso e respeitar o adversário para alcançarmos o nosso objetivo. Temos que estar ao nosso melhor nível, porque é uma equipa que trabalha e luta muito, como todas as equipas britânicas. Se não estivermos ao nosso melhor nível, podemos ter problemas.

Mercado ainda aberto: É transversal a todas as seleções. Todas estão condicionadas com isso, mas conhecemos bem os jogadores, sabemos o que têm a dar e conhecemos a vontade que têm de representar a seleção nacional. Se é algo que todos devemos ter orgulho, é na enorme alegria que todos os jogadores têm ao vir a representar a seleção.

Estreia de Diogo Costa, Gonçalo Inácio e Otávio: Todos os jogadores que estão nesta convocatória faziam parte do lote de opções para o Euro'2020. Claro que, quando tens 40, tens que largar alguns. A seleção é sempre um espaço aberto, como disse desde o início. Não falo de jogadores individualmente, se não ia ter que analisar desde Rui Patrício ao Rafa e dizer por que vai cada um. O que deixo aqui como seguro é que todos estes jogadores, sem exceção, estavam na lista de 40 quando preparei a convocatória para o Euro. A presença aqui é um reflexo daquilo que sempre disse. A seleção é um espaço claramente aberto. Todos estão dentro. Depois, analisarmos várias questões, como a qualidade, que é o ponto fundamental, e a identificação com os processos da equipa. Não vamos ter tempo para fazer nada. Vamos jogar de três em três dias. Vou ter um único treino com os jogadores todos. Há um outro fator com algum peso, que tem a ver com a utilização.

Em primeiro lugar, queria dar os parabéns ao Benfica pela qualificação para a Liga dos Campeões. É muito importante para o futebol português ter três equipas na Liga dos Campeões. Só tem coisas muito positivas. Deixo também uma palavra de força ao Santa Clara e ao Paços. Têm tarefas difíceis, mas seria importante para nós se pudessem estar presentes numa competição europeia. Era um reforço claro, não só do potencial do futebol português, como relativamente à pontuação.

Llista de Convocados

Guarda-redes: Anthony Lopes, Diogo Costa e Rui Patrício;

Defesas: João Cancelo, Ricardo Pereira, Domingos Duarte, Gonçalo Inácio, Pepe, Rúben Dias, Nuno Mendes e Raphael Guerreiro;

Médios: Danilo, João Palhinha, Rúben Neves, Bruno Fernandes, João Mário, João Moutinho, Otávio e Bernardo Silva:

Avançados: André Silva, Cristiano Ronaldo, Diogo Jota, Gonçalo Guedes, Pedro Gonçalves e Rafa.

É já esta quinta-feira que Fernando Santos irá divulgar a lista de convocados para os três próximos embates de Portugal, diante de República da Irlanda, Azerbaijão (apuramento para o Mundial) e Qatar (particular).

Renato Sanches e João Félix, que estiveram presentes no passado Campeonato da Europa, são, desde já, 'cartas fora do baralho' para este triplo compromisso internacional, uma vez que se encontram a recuperar das respectivas lesões.

 

Post Top Ad

Blossom Themes