Últimas

24/08/2021

Comité abdicou de cinco mil euros


 

O comité de hóquei em patins da World Skate Europe (WSE) fez concessões para viabilizar a realização da Taça Continental no formato proposto pelo catalão Lleida de apenas um jogo com o Sporting, nomeadamente prescindindo do pagamento da taxa regulamentar de cinco mil euros, esclareceu o seu presidente, Agostinho Silva, em resposta à critica do FC Porto por ficar de fora da competição.

Além de prescindir da taxa a pagar pelo organizador do troféu, o comité ainda aceitou reduzir o número de delegados ao jogo para apenas dois e decidiu suportar a presença de um terceiro representante, que se ocupará das questões relacionadas com a transmissão da partida de 18 de setembro que, em Portugal, será vista na RTP2.

 A proposta do Lleida pressupunha a redução dos custos e o comité aceitou-a porque «a prova não existiria de outra forma». Chegou a estar cancelada por falta de candidatos à organização da Taça Continental no modelo regulamentar de final four, que implicaria os finalistas da Liga Europeia, Sporting e FC Porto, e da Taça WS Europe, Lleida e Sarzana.  

 Agostinho Silva desvaloriza o desvio excepcional ao regulamento para recuperar o modelo em vigor até 2017, quando um duelo de vencedores dos troféus continentais deu lugar a um formato mais alargado de final four. «O comité tem competência para isso, tal como já tinha feito em 2017», lembra Agostinho Silva. Posteriormente, o Lleida e o Sporting «validaram a prova, aceitando as condições», nomeadamente o pagamento das despesas com os árbitros e os dois membros do comité que terão de se deslocar à cidade catalã.    

Post Top Ad

Blossom Themes