Últimas

04/07/2021

Yamaha sondou Miguel Oliveira: 'Fui abordado mas tenho contrato e não vou voltar com a palavra atrás'


 

A saída de Maverick Viñales da Yamaha obrigou a Yamaha a procurar um piloto de elite para 2022 à última hora, sendo Miguel Oliveira um dos pilotos sondados pela fábrica nipónica. O luso confirmou esta sexta-feira a abordagem mas recordou que tem contrato com a KTM.

Foi num encontro com os órgãos de comunicação social em Almada, onde esteve o Motorcycle Spoets, que o luso comentou o interesse da Monster Energy Yamaha MotoGP Team nos seus serviços:

- O mercado e os contratos, sobretudo nestes dias modernos, vêm demonstrar que, e já temos aí um ou dois casos, quando não existe vontade de uma das partes em que o piloto não continue com a equipa ou a equipa já não quer o piloto, que esses contratos sejam quebrados. Hoje em dia ter um contrato assinado vale o que vale. Tenho o meu compromisso assumido com a minha equipa desde o ano passado para dois anos e não vou voltar atrás com essa palavra. Naturalmente que esta situação do [Maverick] Viñales trouxe algum nervosismo às conversações para o futuro, também fui abordado nesse sentido, mas como disse o meu foco está na minha equipa. É uma grande equipa e acredito que consigo ser campeão do mundo com ela e tenho contrato e até o conquistar, enquanto aqui estiver há muito trabalho para fazer.

Post Top Ad

Blossom Themes