Últimas

25/06/2021

Thierry Neuville lidera rali Safari do Quénia após primeiro dia repleto de incidentes


 O belga Thierry Neuville (Hyundai i20) lidera o Rali Safari, do Quénia, após a disputa do primeiro de três dias de competição da sexta prova da temporada.

Neuville concluiu o primeiro dia com o tempo de 1:23.19,1 horas e 18,8 segundos de vantagem sobre o segundo classificado, o japonês Takamoto Katsuta (Toyota Yaris).

O estónio Ott Tänak (Hyundai i20) fecha os lugares do pódio, a 55,8 segundos do líder.

O dia foi aziago para o campeão mundial e líder do campeonato, o francês Sébastien Ogier (Toyota Yaris), que partiu o reservatório do óleo de um dos amortecedores da suspensão traseira logo pela manhã, cedendo mais de dois minutos para a concorrência.

Ogier termina o dia em quarto, a 1.49,4 minutos do líder, mas sabe que "ainda muita coisa pode acontecer".

Pelo caminho ficaram já o espanhol Dani Sordo (Hyundai i20) e o britânico Elfyn Evans (Toyota Yaris), segundo classificado do campeonato, ambos na mesma especial, a terceira da prova.

Sordo despistou-se e Evans bateu numa pedra, danificando a suspensão dianteira.

Mas a última especial do dia, sétima da prova, foi a mais acidentada: Neuville sofreu dois furos e um problema de motor, cedendo 40 segundos para os adversários, quando tinha a liderança presa por 10.

Mas o segundo classificado, o finlandês Kalle Rovanpera (Toyota Yaris), ficou enterrado na areia no meio da especial, perdeu 20 minutos e teve de ser rebocado pela organização (algo permitido pelos regulamentos da prova neste tipo de situações), acabando por abandonar e, assim, sendo penalizado em apenas 10 minutos.

Já Ott Tänak não pôde aproveitar os problemas alheios pois também ele cedeu 54 segundos devido a um furo.

"Houve drama ao longo de todo o dia, especialmente com os furos, foi um dia duro, mas amanhã [sábado] também será", disse Neuville.

Para sábado estão previstas mais seis especiais, com um total de 132,08 quilómetros.

 

 

 

 

Post Top Ad

Blossom Themes