Últimas

13/05/2021

Ni Amorim reeleito presidente da FPAK com votação de 83.5% dos votos

Sufrágio tinha apenas uma lista.


 

Ni Amorim foi hoje reeleito presidente da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK), com 83,5 por cento dos votos, num sufrágio a que se apresentou apenas uma lista.

O antigo piloto vai assim cumprir um segundo mandato de quatro anos (2021-2025), pois a lista B, de Eduardo Portugal Ribeiro, apresentou candidatura apenas ao Colégio de Comissários, não tendo elegido qualquer elemento para aquele órgão estatutário ao recolher 12,9% dos votos.

"Sem falsas modéstias, julgo ter razões para me sentir satisfeito, face ao expressivo número de votos que foram outorgados à minha equipa diretiva. Só tenho que agradecer aos clubes e às associações filiadas a confiança em nós depositada, o que representa também uma responsabilidade acrescida para quem vai liderar os destinos do automobilismo português por mais quatro anos. A tarefa não tem sido fácil, especialmente a partir do momento em que o mundo foi afetado pela pandemia, mas estou confiante em relação ao futuro", declarou Ni Amorim, depois de conhecer o desfecho da votação, em declarações divulgadas pela sua assessoria de imprensa.

Na contagem de votos apurou-se que a Lista A, encabeçada por Ni Amorim, recolheu 71 votos (83%), havendo ainda quatro brancos e 10 nulos.

Os elementos agora eleitos tomam posse dos respetivos cargos no dia 14 de junho, na sede da FPAK, em Lisboa.


Post Top Ad

Blossom Themes