Últimas

01/04/2021

"Não quis saber de mais nada, a minha cabeça estava no FC Porto"

Avançado espanhol revela o que sentiu quando soube do interesse dos dragões.

Toni Martínez marcou presença, esta quarta-feira, no programa Azul Porto, transmitido pelo Porto Canal e pela FC Porto TV. O avançado espanhol garantiu que assinar pelos dragões foi dos dias mais felizes da sua vida e enumerou os momentos marcantes com a camisola azul e branca. 

"O dia da minha apresentação no FC Porto foi um dos dias mais felizes da minha vida, porque havia muita incerteza se vinha ou não. Um clube como o FC Porto não escolhe um jogador apenas por um jogo, mas aquele que fiz pelo Famalicão, contra o FC Porto, e que ganhámos 2-1, correu-me muito bem. Acredito que, se havia dúvidas, foi um ponto decisivo. Desde o dia que soube do interesse do FC Porto não quis saber de mais nada, a minha cabeça estava no FC Porto", começou por dizer Toni Martínez, prosseguindo. 

"Quando assinas por um grande clube as expectativas ficam altas e um avançado quer chegar, ter impacto e ajudar a equipa com golos. Como foi um pontapé de bicicleta, depois de um grande passe do Otávio, foi ainda mais espetacular e gerou boas expectativas. Foi um golo muito bonito, mas muito importante, porque foi o primeiro ao serviço do FC Porto. O golo contra o Moreirense? "Não foi tão bonito, mas tinha de ser golo, porque momentos antes anularam-me um golo por três centímetros. Fez-se justiça. O jogo estava a ser muito difícil. Tirei também um peso de cima de mim, porque foi o primeiro que marquei no campeonato", explicou o avançado espanhol do FC Porto. 

Recorde-se que Toni Martínez acumula um saldo, até ao momento, de dois golos em 16 jogos com a camisola do FC Porto.


Post Top Ad

Blossom Themes