Últimas

04/04/2021

Do céu ao pesadelo. Miguel Oliveira termina GP de Doha em 15.º lugar


 

Com um arranque prometedor, piloto português foi perdendo posições atrás de posições ao longo da corrida.

Miguel Oliveira terminou o Grande Prémio de Doha na 15.ª posição. O piloto português não conseguiu melhor do que na semana passada onde, no mesmo circuito de Losail, terminou no 13.º lugar.

Miguel Oliveira arrancou de 12.º e com um arranque espetacular conseguiu ascender ao terceiro posto da corrida. Apesar deste arranque, o piloto da KTM fixou-se no quarto lugar, mas rapidamente foi caindo posições. 

Com pneu médio à frente e macio atrás, Miguel Oliveira teve bastantes dificuldades à medida que as voltas iam passando e foi sendo ultrapassado por quase toda a concorrência. Terminou a prova no 15.º lugar e somou mais um ponto aos três que já tinha conquistado no GP do Qatar.

Fabio Quartararo venceu este segundo Grande Prémio da época, depois de uma excelente corrida de Jorge Martín. O jovem espanhol, rookie no MotoGP, liderou quase toda a prova, mas não foi além do 3.º lugar, atrás do companheiro de equipa da Pramac Ducati, Johann Zarco.

Alex Rins e Maverick Viñales ficaram em 4.º e 5.º, respetivamente, enquanto Bagnaia, Miller, Joan Mir, Brad Binder e Aleix Espargaró encerraram o top10.

Johann Zarco, com 40 pontos, é o atual líder do Mundial de MotoGP. Atrás do piloto francês está a dupla da Yamaha, Maverick Viñales e Fabio Quartararo, ambos com 36 pontos. Miguel Oliveira é 16.º classificado com quatro pontos.

 

Post Top Ad

Blossom Themes