Últimas

30/04/2021

Bruno Fernandes assume que não esperava uma AS Roma "tão agressiva"

Médio português marcou dois golos e assistiu para outros dois na goleada sobre a formação italiana.

Bruno Fernandes foi a figura em destaque na goleada do Manchester United sobre a AS Roma, contribuindo com dois golos e duas assistências.

Após o encontro, o médio luso confessou que a postura agressiva do adversário o surpreendeu, mas destacou a evolução dos red devils do primeiro para o segundo tempo.

“Acho que na primeira parte entrámos fortes, criámos algumas oportunidades para além do golo. Depois, sofremos duas vezes em dois contra-ataques. Mas fizemos bem em manter a calma e depois fizemos o que fazemos de melhor depois do intervalo que é manter a bola e criar oportunidades de golo. Não esperávamos que a AS Roma fosse tão agressiva, pressionasse tão alto", começou por dizer o internacional luso, em declarações à Sky Sport Italia.

“Melhorámos no segundo tempo e tentámos encontrar jogadores nas entrelinhas, mover a bola rapidamente e encontrar esses espaços. A AS Roma teve muito azar pois perdeu três jogadores por lesão, e vi no final, por exemplo, que Amadou Diawara estava totalmente exausto. Ele não conseguia correr, mas não tinha escolha pois não havia mais substituições. Aproveitamos ao máximo a situação e marcamos alguns golos perto do fim", acrescentou.

Bruno Fernandes analisou ainda o tempo que passou em Itália, onde já representou Novara, Udinese e Sampdoria.

"Fui muito feliz em Itália e melhorei muito lá. Cresci em mentalidade para lutar pelos grandes objetivos no Sporting. Depois mudei-me para o Manchester United. O clube confiou em mim, os adeptos acreditaram em mim desde o primeiro dia. Quando és um jogador, saber que as pessoas têm fé em ti faz uma grande diferença", concluiu.


Post Top Ad

Blossom Themes