Últimas

11/03/2021

UD Oliveirense após incidentes em S. João da Madeira: "Violência não toleramos"

Na sequência dos acontecimentos ocorridos antes do jogo em atraso da 18.ª jornada do campeonato, a equipa de Oliveira de Azeméis emitiu um comunicado.

Fotografia: António Anacleto / AD Sanjoanense
 
Leia o comunicado na íntegra:

A União Desportiva Oliveirense - Simoldes Hóquei em Patins, está profundamente chocada com a emboscada feita à sua equipa à porta do Pavilhão Desportivo da AD Sanjoananse. Cerca de 20 adeptos, identificados como membros da claque "Força Negra", afecta à AD Sanjoanense, concertaram ações violentas que colocaram em causa a integridade física dos atletas e staff da União Desportiva Oliveirense:

1 - Os referidos elementos entoaram cânticos insultuosos, arremessaram objectos contra o autocarro da União, fizeram rebentar engenhos explosivos (petardos). É de sublinhar que foi pontapeado o material que os jogadores transportavam e, ainda mais grave, um dos nossos atletas foi agredido ao murro e outros foram alvo de objectos atirados na direção da equipa. Tudo se passou nos escassos 20 metros que distam da saída do nosso meio de transporte à entrada nas instalações desportivas.

2 - A Policia de Segurança Pública estava avisada da chegada da UDO ao Pavilhão da ADS, tendo sido solicitada a sua presença. Mas, a PSP não compareceu no local à hora prevista, tendo apenas marcado presença no local após a União Desportiva Oliveirense denunciar a situação através de uma chamada telefónica.

3 - Todos os elementos da União Desportiva Oliveirense mantiveram a calma e não reagiram a qualquer provocação. Aliás, a preocupação geral foi proteger a integridade física de cada um de nós.

4 - Elementos da Associação Desportiva Sanjoanense ajudaram a serenar os ânimos e colocaram-se entre os 20 elementos destabilizadores e a equipa da União Desportiva Oliveirense.

5 - O nosso clube irá agir pelas vias legais, criminais e judiciais para identificar os referidos elementos e responsabilizar quem procura o crime como forma de estar na vida.

6 - Face ao exposto, a Oliveirense repudia fortemente esta ação que não se coaduna com os valores do desporto. Mais, face à situação da Pandemia Mundial que vivemos, estranhamos e condenamos que se reúnam na via pública tantas pessoas, o que só aumenta a irresponsabilidade de quem não respeita os outros cidadãos.

7 - No final do desafio a presença da PSP dissuadiu o ajuntamento de adeptos junto às instalações da ADS. A PSP também acompanhou a saída da nossa comitiva de São João da Madeira.

Post Top Ad

Blossom Themes