Últimas

21/03/2021

Circuito urbano da Arábia Saudita vai fazer história na Fórmula 1

Os organizadores do Grande Prémio da Arábia Saudita revelaram o traçado para a estreia da Fórmula 1 naquele país a 5 de dezembro.


 Desenhado nas ruas de Jidá, este circuito urbano será o mais veloz da história da modalidade, com uma média de velocidade por volta acima dos 250 km/h.

Será a primeira vez que a Fórmula 1 visita a Arábia Saudita e, no meio de alguma controvérsia relativa à questão dos direitos humanos naquele país, far-se-á história com o circuito urbano mais veloz do calendário e da própria história da modalidade.

Com pouco mais de seis quilómetros (6,175 km) e 27 curvas, a maior parte delas de raio muito aberto, o traçado será o segundo mais comprido do calendário, com três potenciais zonas de DRS para permitir ultrapassagens, e luzes artificiais, uma vez que a corrida será disputada à noite.

Este é mais um circuito pensado e desenvolvido pela equipa de Hermann Tilke, que tem levado a cabo o trabalho de construção e desenho de muitos dos locais recentes onde a Fórmula 1 tem corrido nos últimos anos, revelando uma grande fluidez nas secções rápidas. 

“É sempre muito excitante poder revelar detalhes de um novo circuito e traçado urbano de Jidá não é exceção. Trabalhámos em proximidade com a equipa de Tilke e com o promotor para garantir que temos uma pista capaz de oferecer competição entusiasmante roda com roda para os nossos adeptos e um desafio para todos os pilotos”, afirmou Ross Brawn, diretor da Fórmula 1.

A Fórmula 1 não é a primeira competição de craveira mundial a rumar à Arábia Saudita, estando esta empenhada em mostrar uma faceta mais aberta da sua sociedade. A realização do Dakar e da Fórmula E mostram, precisamente, essa aposta na cultura do desporto.

 

Post Top Ad

Blossom Themes